CABELOS SOFREM AINDA MAIS NO VERÃO

CABELOS SOFREM AINDA MAIS NO VERÃO

Tricologista dá dicas para proteger os fios na estação considerada a mais quente do ano.

 

 

No dia 22 dezembro inicia-se o verão. Estação considerada a mais quente do ano, com dias mais longos do que as noites e com rápida evaporação da água acumulada nos solos. Tudo isso provoca chuvas constantes em algumas regiões do país.

 

Neste período, não é só a pele que sofre com as altas temperaturas da estação. Os cabelos também são danificados, ainda mais para quem já fez procedimentos químicos, como, escova progressiva ou descoloração, e por isso, necessita de cuidados especiais.

 

A tricologista, terapeuta ortomolecular e psicanalista, Sandra Assis Mais, dá a dica: A hidratação é fundamental em qualquer estação, mas no verão ela assume papel ainda mais importante para o bom funcionamento do organismo que, com pelo menos dois litros de água por dia, permite a boa saúde dos cabelos.

 

De acordo com a especialista, ao se expor ao sol, os cabelos sofrem danos profundos. “A exposição prolongada vai deixar os fios mais ásperos e sem brilho. Os cabelos sofrem lesões que, em alguns casos, são irreversíveis, e só cortando para tirar aquele aspecto de queimado do sol.”

 

Sandra orienta que é preciso programar o uso de químicas distante da exposição ao sol. Além disso, ela explica que usar cosméticos com protetor UVA e UVB para os fios, e chapéu ou boné para proteção do couro cabeludo vai ajudar a evitar queimaduras na região. O alerta é que, a exposição excessiva ao sol pode provocar a perda do cabelo.

 

A exposição à água do mar e piscina também são fatores de risco para os fios nesta época. Segundo Sandra Assis Maia, quando há este contato, o cabelo sofre com o fotoenvelhecimento – processo oxidativo e alteração de Ph –, esses fatores externos atingem diretamente a elasticidade, hidratação, brilho e cor dos fios. Ela explica que neste caso, os cabelos loiros ficam com aspecto esverdeado e os cabelos escuros com reflexo avermelhado.

 

A especialista orienta que após exposição à água do mar e piscina é imprescindível lavar bem os fios, higienizar o couro cabeludo e hidratar os cabelos com cosméticos apropriados para o equilíbrio de Ph, repondo proteínas e lipídios.

 

Além disso, é sempre importante, em todas as estações do ano, evitar dormir com os cabelos molhados. “A umidade pode favorecer a ação fúngica e os fios molhados se tornam mais frágeis, e no embaraçamento, pode exigir mais da fibra capilar”, ressalta a tricologista.

 

Sandra também orienta evitar secador e chapinha, deixando os cabelos secarem naturalmente é o ideal; e prender menos os cabelos, pois prejudica muito os fios. “Quando o cabelo é preso de forma muito tracionada e contra a nascente dos fios pode provocar a queda e a quebra desses fios”. Então, todo cuidado é pouco com a saúde dos seus cabelos nesta estação, que termina no dia 20 de março de 2020.

 

 

CONSULTE UMA TRICOLOGISTA

A Alto Stima Clínica Capilar é constituída por médicos e profissionais com experiência na área de tricolar, para o diagnóstico e tratamento de problemas capilares.

CONSULTE UMA TRICOLOGISTA A Alto Stima Clínica Capilar é constituída por médicos e profissionais com experiência na área de tricolar, para o diagnóstico e tratamento de problemas capilares.


a 12/17/2019, 13:02pm

Atualizado: a 12/17/2019, 13:03pm

Foi lido 775 vezes

Artigos semelhantes

PONTAS DUPLAS: CAUSAS, CONSEQUÊNCIAS E COMO ACABAR COM ELAS


Cabelo que parece palha, pontas endurecidas e com aspecto tostado. Sim, são elas, a s temidas pontas duplas. E se você faz parte do time que acredita que elas só podem ser evitadas com a tesoura, esse post é para...

CABELO QUEBRADO COMO RECUPERAR?


Poucas coisas mexem tanto com a vaidade das mulheres quanto cabelo quebrado como recuperar passa a ser então uma questão crucial no universo feminino. No entanto, a verdade é...

O que as pessoas escreveram ...