DISTÚRBIOS NA TIREOIDE PODEM CAUSAR A QUEDA DE CABELO

DISTÚRBIOS NA TIREOIDE PODEM CAUSAR A QUEDA DE CABELO

Especialista garante que com o tratamento de terapia capilar se consegue amenizar a perca dos fios, além de estimular e renovar o recrescimento de novos fios.

 

 

Quando a tireóide não está funcionando adequadamente ela pode liberar hormônios em excesso (hipertiroidismo) ou em quantidade insuficiente (hipotireoidismo); e todas as funções do corpo podem sofrer alterações, provocando diversos sintomas, inclusive, a queda de cabelo.

 

A tireoide é uma das maiores glândulas do corpo humano, localizada na parte anterior do pescoço, e age na função de órgãos importantes como o coração, o fígado, o cérebro e os rins.

 

Esta glândula é responsável pelo crescimento e desenvolvimento das crianças e adolescentes, além de regular os ciclos menstruais, a fertilidade, o peso, a memória, a concentração, o humor e o controle emocional.

 

Os tratamentos das disfunções na tireoide corrigem também a perda capilar. De acordo com a tricologista, terapeuta ortomolecular e psicanalista, Sandra Assis Maia, a tricologia ou terapia capilar pode colaborar e muito com o tratamento de quem está com alguma disfunção na tireóide.

 

“O profissional da tricologia pode ajudar na melhora da oxigenação da nutrição do bulbo capilar, na orientação de como pode ser compensado no tratamento de terapia capilar e como amenizar e até melhorar o quadro já apresentado pelo cliente/paciente”, explica a especialista.

 

Segundo a profissional, quando a pessoa está com alguma alteração na tireoide o cabelo fica muito ressecado e quebradiço. E, quando essa mesma pessoa faz algum procedimento químico, o quadro se agrava ainda mais, tendo fortes reações químicas. Daí a importância de uma investigação com o especialista em tricologia. Sandra garante que, com os eletroterápicos e nutricosméticos se consegue amenizar a perca dos fios, além de estimular e renovar o recrescimento de novos fios.

 

Sandra também destaca que em muitos atendimentos é percebido alterações na glândula tireoide, mesmo sem o cliente/paciente ter ciência da situação. “Em muitos casos, percebemos alterações e disfunções hormonais produzidas por essa glândula e encaminhamos o cliente/paciente para um médico endocrinologista para os cabíveis exames e tratamentos medicamentosos, além do tratamento de terapia capilar complementar.”

 

A especialista ressalta a importância de passar por uma consulta ao tricologista ortomolecular, pois uma queda capilar pode ser por vários motivos ao mesmo tempo. Além disso, Sandra adverte para a realização de uma análise biofísica, pois ela mostra as alterações, e, sendo assim, o tricologista tem mais segurança em encaminhar o cliente/paciente para uma investigação e tratamento mais adequado, detalhado e seguro com um profissional específico.

 

 

Click aqui e solicite sua pré-consulta


a 11/04/2019, 10:39am

Atualizado: a 11/04/2019, 10:39am

Foi lido 191 vezes

Artigos semelhantes

O QUE É BOM PARA QUEDA DE CABELO


Se você tem buscado avidamente na internet o que é bom para queda de cabelo, pode aumentar o nível de estresse: ele é excelente para ajudar os fios a caírem em profusão. Quando associado a noites mal...

6 DICAS DE COMO FAZER O CABELO PARAR DE CAIR


Na hora do banho já é aquela tensão: não quer nem ver os tufos de cabelo que acabam se acumulando no chão. Na fronha a cada dia há mais fios soltos e, na frente do espelho, mais...

O que as pessoas escreveram ...